ANO: 26 | Nº: 6526
06/09/2017 Editorial

Uma ação necessária

Os números da Operação Viagem Segura impressionam. Em 76 edições, a ação registrou mais de 832 mil infrações, das quais 16,4 mil autuações por embriaguez. Mais de 4,9 milhões de veículos já foram fiscalizados através do esforço que envolve os órgãos de segurança. O principal reflexo, porém, está relacionado à redução no volume de mortes nas estradas.
Nos últimos 10 anos, de acordo com levantamento divulgado, ontem, pelo Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS), a média de mortes nas estradas nos feriados de 7 de setembro foi de 6,6 por dia, menor que a média geral dos finais de semana, que é de 7,2 mortes por dia. E a expectativa para a nova edição da operação, que inicia hoje, é de melhorar os indicadores. Para tanto, os condutores precisam contribuir.
A menor média de mortes por dia da série histórica foi registrada no ano passado, quando o feriado caiu no meio da semana, o que acabou reduzindo a possibilidade de viagens de longos percursos. As mortes se concentraram, basicamente, nos dias intermediários e de retorno, principalmente no turno da noite. As estatísticas recomendam cuidados redobrados nestas condições. Contribuir para a segurança, nas estradas, é uma atribuição de todos.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...