ANO: 24 | Nº: 8084
09/09/2017 Segurança

Comandante da BM palestra para militares sobre segurança de fronteira

A segurança de fronteira norteou a palestra do comandante-geral da Brigada Militar, Andreis Sílvio Dal'Lago, durante evento que reuniu militares e civis, na terça-feira, no 3º Grupamento de Artilharia Antiaérea, em Caxias do Sul.
Ele destacou que a extensão da fronteira com a Argentina (700 quilômetros) e com o Uruguai (mil quiômetros), com grande número de estradas isoladas, dificulta a fiscalização policial, principalmente, de drogas e armas. "O Rio Grande do Sul é uma das portas de entrada de drogas, armas e outros ilícitos, abastecendo uma enorme rede de violência e repercutindo diretamente nos indicadores de criminalidade", avalia.
Dal'Lago foi um dos convidados do 24º Curso de Estudos de Política e Estratégia (Cepe/Cepeg), promovido pela Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (Adesg). O tenente-coronel refletiu sobre a temática da Segurança Pública no Estado Moderno: Gestão da Polícia Ostensiva.
Sobre as áreas de fronteira, o comandante acrescentou que as principais dificuldades enfrentadas são portos clandestinos às margens do Rio Uruguai, grande número de estradas vicinais isoladas, existência de inúmeros aeródromos clandestinos e crimes ambientais, como caça, pesca ilegal, usurpação de águas públicas e abigeato.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...