ANO: 25 | Nº: 6485
11/09/2017 Cidade

Primavera e verão não irão sofrer com fenômenos climáticos

Foto: Antônio Rocha

Plantas estão dando um colorido especial para o inverno
Plantas estão dando um colorido especial para o inverno

 

A variação de altas temperaturas com períodos de chuva e frio faz com que os bajeenses questionem o comportamento do tempo e a possibilidade de um verão mais quente ou seco. Contudo, mesmo com um agosto atípico e temperaturas mais elevadas, a primavera e o verão terão períodos de calor e chuvas isoladas dentro de uma perspectiva de normalidade. A previsão, de acordo com meteorologista da Secretaria da Secretaria  de Agricultura, Pecuária e Irrigação,  Flávio Varoni, é que as próximas estações serão dentro da normalidade e não estão previstos fenômenos climáticos como o El Niño, que provoca chuvas, ou La Niña, que traz períodos mais secos.

 Segundo Varoni, os períodos de chuva, em setembro e durante a primavera, irão garantir um verão tranquilo e sem a falta de água. Ele afirma que Bagé tem, por natureza, um verão quente e seco. Neste ano, cada estação deve cumprir seu papel.

 O meteorologista ressalta que agosto foi atípico com temperaturas mais altas do que o normal. Mas pondera que houve outros anos em que esse tipo de situação ocorreu. Com isso, segundo Varoni, dá um certo desequilíbrio na flora e as flores acabam florescendo antes do tempo. “Elas entendem que o frio acabou”, disse.

 De acordo com o meteorologista, não há previsão de geada, mas ainda podem ocorrer as massas de ar frio, que não devem baixar muito a temperatura.  Para o verão, ressalta que podem haver períodos curtos de estiagem e as chuvas podem vir a cada 15 dias. Salienta que os meses de setembro e outubro terão chuvas dentro da média e novembro deverá ser o mais seco. “Ainda estamos avaliando cada período”, ressalta. 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...