ANO: 25 | Nº: 6382
12/09/2017 Cidade

Direção do Sindiágua reúne servidores para esclarecimentos sobre mudança de regime trabalhista

Foto: Antônio Rocha

Jean, Capitani e Gutierres estão iniciando debates
Jean, Capitani e Gutierres estão iniciando debates

A direção do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Purificação e Distribuição de Água em Serviços de Esgoto do Estado do Rio Grande do Sul (SindiáguaRS) fará uma explanação, na Câmara de Vereadores de Bagé, na quinta-feira, durante sessão ordinária, com intuito de esclarecer os servidores sobre a mudança no regime trabalhista. Além do tema, será tratado sobre privatização e situações pontuais, envolvendo a qualidade da água.
De acordo com Flávio Gutierres e Fábio Jean, o SindiáguaRS pretende esclarecer os servidores e a população sobre a situação do Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb). O grupo foi atendido  pela direção da autarquia e  com protocolou o pedido de reunião com o prefeito Divaldo Lara, do PTB, para tratar do tema.
Segundo o advogado da entidade, Luiz Gustavo Capitani, a mudança do regime trabalhista, de celetista para estatutário, pode trazer vários prejuízos para os servidores, o que incluiria a perda dos direitos já adquiridos. O tema iniciou a ser tratado em 2012. “São regimes totalmente diferentes, que irão prejudicar os servidores”, comenta.
Jean salienta que o sindicato está iniciando o debate e posteriormente deverá ser realizada uma audiência pública para prestar esclarecimentos. “Está faltando debate e informação para que haja mais fiscalização”, destaca.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...