ANO: 25 | Nº: 6380
12/09/2017 Cidade

Maiores escolas estaduais da região aderem à greve dos professores

Foto: Tiago Rolim de Moura

A manhã de ontem foi de pouco movimento em frente às maiores escolas estaduais em Bagé. Com a greve deflagrada pela categoria na última semana, dezenas de professores cruzaram os braços, em função do parcelamento dos salários. Conforme informado pela organização do Cpers/Sindicato, durante a assembleia que optou pela greve, a intenção é voltar às atividades somente após a quitação total dos vencimentos.
Segundo informações da diretora do 17° Núcleo do Cpers/Sindicato, Delcimar Delabary Vieira, até a tarde de ontem, a região abrangida pela representação sindical contava com 85% de adesão à paralisação. O número vai de encontro às informações repassadas pela 13ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). Segundo a coordenadora-adjunta, em Bagé, professora Ana Denise Soares da Silveira, 11 escolas da rede estadual funcionaram normalmente, três atenderam de forma parcial aos estudantes e seis aderiram totalmente à greve. Entre as paralisadas, algumas das maiores da região, como Luís Mércio Teixeira, Silveira Martins, Carlos Kluwe, Justino Costa Quintana, Mestre Porto e São Judas. Já a diretora do Justino, Sônia Barbosa, relata que oito professores optaram pelo prosseguimento normal das aulas.
Ana Denise afirma, ainda, que Bagé foi a cidade com o maior índice de adesão à greve, já que outros municípios, como Hulha Negra, Aceguá e Candiota, registraram aula normal.


Protestos continuam

Delcimar adianta que hoje a categoria tentará, novamente, uma agenda com o governador, José Ivo Sartori. Até que o chefe do executivo estadual os atenda, os professores permanecem em ato público, na Praça da Matriz, em Porto Alegre.
De volta a Bagé, a partir de amanhã, a diretoria do núcleo deve retomar as visitações às escolas, para apresentar a importância da paralisação como manobra de pressão para quitação dos salários e outras exigências da categoria.
Em Bagé, na sexta-feira, a partir das 14h, está prevista uma atividade na Praça de Esportes, com concentração dos professores e alunos da rede estadual.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...