ANO: 23 | Nº: 5741
14/09/2017 Editorial

Crescimento comprovado

A força do setor primário extrapola os limites do discurso. Os números oficiais, aliás, comprovam que o campo é capaz de superar a crise. A expectativa para a safra de grãos 2016/2017, por exemplo, é de um novo recorde. Em sua última estimativa, o Instituto Brasileiro de Geografia (IBGE) projeta um crescimento de 30,4%, em relação ao período anterior, o que representa 240,9 milhões de toneladas. E esta não é a única projeção otimista.
A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que também fez levantamento sobre o setor, acredita que deve haver um crescimento de, no mínimo, 27,9% frente à safra anterior, alcançando pelo menos 238,7 milhões de toneladas. Neste cenário, o aumento representa um incremento de 52,1 milhões de toneladas. A evolução também foi verificada no terreno da produtividade, com registro de pequeno avanço na área plantada. Mais um ponto para o setor.
Os reflexos, conforme avaliou o pesquisador do IBGE, Carlos Antônio Barradas, em entrevista ao Portal Brasil, são positivos tanto para o mercado interno quanto para o externo. O destaque da pauta de exportações, inclusive, fica por conta da soja, que bate recordes pontuais, no que beneficia a Campanha gaúcha. Apenas em agosto, foram exportadas seis milhões de toneladas, 56% a mais quando comparado com agosto de 2016. Este crescimento comprovado precisa, apenas, ser acompanhado pela infraestrutura.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...