ANO: 26 | Nº: 6526
15/09/2017 Cidade

Município deve alugar ambulâncias para atender tratamentos fora de domicílio

Foto: Arquivo JM

Veículos disponíveis não dão conta da demanda
Veículos disponíveis não dão conta da demanda

A Secretaria Municipal de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência lançou, ontem, um edital para aluguel de três ambulâncias básicas, que serão utilizadas no setor de Tratamento Fora de Domicílio (TFD). O pregão presencial irá abrir os envelopes com as propostas no dia 2 de outubro, às 9h30min.
De acordo com informações do coordenador de transporte da secretaria, Vanderson Acosta, repassadas através da assessoria de imprensa da pasta, o aluguel do veículo será realizado de forma emergencial, já que atualmente o município dispõe de quatro ambulâncias e a demanda é maior, sendo necessários de quatro a seis veículos para realizar as viagens do TFD e mais as remoções de pacientes acamados dentro do município, isso tudo para atender os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Acosta explica que o número de pacientes que utilizam o transporte do tratamento fora de domicílio é variável, com média de 80 por mês.

Segundo o coordenador, o Ministério da Saúde publicou, recentemente, a portaria de um programa específico para que os municípios se habilitem a receber até quatro ambulâncias, conforme o número de habitantes. “Todo o processo para cadastramento neste programa já está em fase conclusiva no setor de planejamento da secretaria e, em breve, deve ser encaminhado à Brasília”, destaca. Enquanto isso, a pasta utiliza os transportes alugados como medida paliativa.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...