ANO: 25 | Nº: 6232
15/09/2017 Cidade

Volume de chuva supera média histórica de setembro

Foto: Divulgação

Vias ficaram alagadas
Vias ficaram alagadas

Em dois dias, as chuvas superaram a média histórica para o mês de setembro, em Bagé, estimada em 146 milímetros. Em dois dias, a cidade registrou 122 milímetros de precipitações, segundo informações da Estação de Tratamento de Água (ETA). O acumulado, desde o início do mês, foi de 158 milímetros.
Mesmo com o volume expressivo, o Programa de Combate a Alagamentos, formado pelo Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb), Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Secretaria Municipal de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano (Seinfra), não registrou desabrigados. O Daeb atendeu sete chamados para desentupimento de esgoto fluvial. O Corpo de Bombeiros realizou dois atendimentos. Nenhum com gravidade.
Conforme o coordenador da Defesa Civil, tenente Ronaldo Rosa, apesar do volume, a chuva é calma e flui nos arroios. Ele informa que pontos críticos, como as pontes do Passo do Onze e da rua Ernesto Médici, estão interrompidos, pois as pontes são baixas e a água passa por cima.
Rosa salienta que a equipe está visitando locais como o bairro Floresta, São Judas Tadeu, Pedra Branca e encostas de rios, que normalmente têm os níveis elevados, mas não há nenhuma ocorrência grave. “Existem pontos de alagamento nas vias, mas nada grave”, afirma.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...