ANO: 25 | Nº: 6383

Glauber Pereira

glauber.pereira@hotmail.com
Diretor Executivo do Jornal Minuano. Jornalista e coordenador do curso de Comunicação Social da Universidade da Região da Campanha - Jornalismo e publicidade e Propaganda. Tem mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.
16/09/2017 Glauber Pereira (ESPECIAL MUSEUS)

Há 50 anos

Coluna produzida a partir de pesquisa no acervo do Museu Dom Diogo de Souza. Pesquisadores: Ketherine Acosta, Pedro Kaiser, Eduardo Suarez e Vitória Severo - alunos da disciplina História do Jornalismo, do curso de jornalismo da Universidade da Região da Campanha (Urcamp).

Notícias do mês de setembro no Correio do Sul de 1967

Aliança da noiva
No dia 13 de setembro de 1967, Zeferino recorreu a DP após ‘‘infortúnio’’ com sua noiva. O homem declarou que a moça vendeu a aliança e passou a viver com outro companheiro. Zeferino foi acusado de seduzir a noiva a quem dera a aliança. Na delegacia, não se sabia ao certo o que o homem queria: a volta da nota ou da aliança.

Perigosa quadrilha
No dia 10 de setembro de 1967, uma quadrilha composta por quatro homens e três mulheres foi presa em uma operação policial após cometer diversos furtos. Os "gatunos", como dizia o jornal, foram localizados em uma residência na Vila São Jorge, onde os objetos roubados foram apreendidos. Entre alguns dos objetos apreendidos estavam: uma capa de violão elétrico e uma máquina de plantar milho.


Pagou alfaiate com cheque frio e ainda levou 60 mil de troco

Ramão, dono de uma alfaiataria, foi vítima de uma "vigarice’’ ao ser informado que recebera um cheque falsificado, no dia 14 de setembro de 1967. O alfaiate declarou que fez uma roupa para Joel Ferreira Leite, no valor de 90 cruzeiros novos e, quando entregou o trabalho, recebeu em pagamento um cheque falso no valor de 150 cruzeiros, dando ao freguês 60 de troco, em dinheiro.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...