ANO: 26 | Nº: 6590
16/09/2017 Fogo cruzado

Mainardi e Cherini definem ações pela duplicação da BR-290

Foto: Ricardo Dávila/Especial JM

Petista e republicano se reuniram na sexta-feira, em Porto Alegre
Petista e republicano se reuniram na sexta-feira, em Porto Alegre

Em reunião realizada na sexta-feira, em Porto Alegre, o líder da Frente Parlamentar Pela Duplicação da BR-290, deputado Luiz Fernando Mainardi, do PT, e o coordenador da bancada gaúcha, em Brasília, deputado Giovani Cherini, do PR, definiram ações comuns para organizar a pressão pela inclusão no orçamento da União de verbas para dar continuidade à duplicação da BR-290.
A obra federal foi autorizada em 2014, mas se encontra praticamente paralisada, em um ritmo muito lento, desde o final de 2015. A estrada é uma das principais vias federais do Rio Grande do Sul e compõe a chamada Rodovia do Mercosul, que deve ligar São Paulo a Buenos Aires. Em toda essa extensão, apenas a BR-290, principal via de acesso da região da Campanha a Porto Alegre, não está duplicada. Além dos aspectos econômicos e de integração, o atraso na duplicação tem causado o aumento de acidentes, com saldo de mortes e feridos e todos os prejuízos que isso traz às pessoas, às famílias e para a própria sociedade.
Segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), nos últimos cinco anos foram 2.111 acidentes, o que causou 112 mortos e 400 feridos graves. Cerca de 30% desses acidentes são resultado de colisões frontais ou transversal, que causaram 50% das mortes. “A duplicação da BR-290 é fundamental para o Estado, mas não só para ele”, sustenta Mainardi. “Temos urgência. Principalmente o trecho entre Porto Alegre e Pantano Grande precisa de uma intervenção rápida porque já se encontra esgotado. A duplicação pode salvar vidas”, disse. Para Cherini, a importância da via é de conhecimento de todos.
Segundo ele, a bancada federal gaúcha está unida em torno da luta pela qualificação das rodovias gaúchas. Já trabalha pela BR-116, pela ponte do Guaíba e pela 386, mas precisa agregar a BR-290 em sua luta. “Agora, é o momento de priorizarmos as obras da BR-290. Vamos organizar uma agenda na região mais afetada e em Brasília para tratar desse assunto”, anunciou. Mainardi e Cherini definiram que o lançamento da Frente Parlamentar Pela Duplicação da BR-290 será feita ainda em setembro, no dia 25, em Butiá, na região mais afetada pela necessidade da duplicação.
Posteriormente, uma comitiva de representantes comunitários e parlamentares irá a Brasília para uma audiência com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Lessa. Neste sábado, em reunião da Associação das Câmaras de Vereadores da Região Carbonífera (ACVERC), o lançamento da Frente começará a ser organizado.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...