ANO: 24 | Nº: 6084
23/09/2017 Cidade

Movimento LGBTT de Bagé organiza protesto contra ‘cura gay’

Um grupo de ativistas LGBTT de Bagé promove um protesto, neste domingo, contra decisão liminar do juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara do Distrito Federal, que proíbe o Conselho Federal de Psicologia de impedir, censurar ou exigir licença prévia para que psicólogos promovam estudos de reorientação sexual ou atendimento profissional neste sentido, de forma reservada.
A liminar atende à ação impetrada por um grupo de psicólogos que pedia a derrubada total de uma resolução de 1999, em que o conselho veta esse tipo de tratamento, conhecido como ‘cura gay’. O colegiado já se posicionou contra a decisão provisória do juiz. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vai auxiliar na defesa, em ação para reverter a posição liminar.
Para o conselho, terapias de reversão sexual representam ‘uma violação dos direitos humanos e não têm qualquer embasamento científico’. Uma das idealizadoras do movimento bajeense contrário à posição provisória do juiz, a jornalista Ana Paula Ribeiro, destaca que a intenção da atividade é unir o público para debater sobre o assunto.
Faz parte da programação uma série de atividades, como manifestações com cartazes, roda de conversa sobre a situação de vulnerabilidade social de homossexuais e a homofobia. O evento inicia às 15h, na Praça de Esportes. As atividades são abertas ao público.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...