ANO: 25 | Nº: 6400
26/09/2017 Cidade

Hemopel pretende otimizar arrecadação de sangue em Bagé

Foto: Tiago Rolim de Moura

Município necessita doações de todos os tipos sanguíneos
Município necessita doações de todos os tipos sanguíneos

No sábado, Bagé recebe mais uma ação de coleta de sangue, realizada mensalmente pelo Hemocentro Regional de Pelotas (Hemopel), no Posto de Atendimento Médico 1 (PAM 1), na rua Mélanie Granier, 1240.
Conforme a coordenadora de captação de sangue do Hemopel, Gisele Pinto, desta vez, visando um melhor atendimento aos doadores, a ação contará com sistema de senhas e previsão de horário para o atendimento. A coleta será realizada em novo horário, das 8h às 11h e das 13h às 15h. Gisele informa que o estoque de sangue regional necessita, principalmente, de doações dos tipos O positivo, O negativo e A negativo.
A coordenadora conta que os bajeenses estão se conscientizando e houve aumento de doações nas últimas coletas, porém estes resultados ainda não suprem a necessidade de Bagé e municípios vizinhos, que gastam, em média, 200 bolsas por mês. Além disso, a equipe tem viabilidade para arrecadar apenas pouco mais que 100 bolsas de sangue por ação, o que dificulta a reposição dos estoques.
De acordo com a responsável pela agência transfusional do município, Lúcia Helena Ianzer Jardim, devido à baixa nos estoques de sangue, Bagé necessita de doações para todos os grupos sanguíneos. A médica conta que, em sua última solicitação ao Hemopel, foi recebido apenas metade da demanda necessária para abastecer o município.
Após este sábado, o Hemopel fará apenas mais três arrecadações neste ano, nos dias 21 de outubro, 11 de novembro e 16 de dezembro. Para ser doador de sangue é necessário estar  saudável, pesar igual ou mais que 50 quilos e ter entre 16 e 69 anos (menores de idade necessitam de autorização dos pais ou responsáveis). Também é preciso ter um intervalo entre as doações, sendo de 60 dias para homens e 90 para mulheres, estar fora do período gestacional (três meses após o parto ou fora do período de amamentação), não ter tido hepatite após 10 anos de idade, não ser portador de epilepsia e não ter diabetes.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...