ANO: 26 | Nº: 6523
26/09/2017 Cidade

João Bosco Abero lança romance que foge do padrão tradicional

Foto: Rosane Coutinho

Escritor conta que sempre teve uma relação com a literatura
Escritor conta que sempre teve uma relação com a literatura

O livro “Mil e Um Jazigos”, escrito pelo advogado João Bosco Abero, 81 anos, será lançado hoje, às 18h30min, no Museu Dom Diogo de Souza, mantido pela Fundação Attila Taborda (FAT/Urcamp). O evento conta com o apoio da FAT e da LEB Livraria e Cafeteria.

O autor destaca que o livro se trata de uma espécie de romance que foge do padrão convencional, conhecido por possuir uma única história que se desenvolve com início, meio e fim. Na obra de Abero, são contadas várias narrativas que se cruzam a partir de um eixo central.
O escritor adianta que os contos se desenrolam a partir da história de um marmorista, que, após anos de carreira juntando pedaços de lápides quebradas, decide calçar seu pátio com o material acumulado. Desta construção, as letras e dizeres, colocados aleatoriamente, formulam os boatos e casos que alimentam as demais histórias.
A obra é o segundo livro de Abero, que, em 1998, publicou o ensaio filosófico “Linguagem versus Realidade”. Abero também é responsável por diversos ensaios, artigos e crônicas em publicações conjuntas e veículos de comunicação.
A relação do advogado com a leitura e escrita remontam a infância. Ele revela que a ideia por trás de sua mais nova publicação é planejada há mais de duas décadas, porém posta em prática há poucos anos.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...