ANO: 24 | Nº: 6186
27/09/2017 Fogo cruzado

Lei que inclui nome de Dener no Livro dos Heróis será avaliada por deputado goiano

Foto: Billy Boss/Câmara dos Deputados

Thiago Peixoto assumiu relatoria da proposta
Thiago Peixoto assumiu relatoria da proposta

O deputado federal Thiago Peixoto, do PSD de Goiás, assumiu a relatoria, na Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados, do projeto de lei que inscreve, no Livro dos Heróis da Pátria, os nomes dos atletas e membros da delegação da Chapecoense vítimas do acidente aéreo ocorrido em novembro do ano passado, na Colômbia. A lista inclui o nome do jogador bajeense Dener Assunção Braz, lateral-esquerdo da equipe catarinense.
A proposta, apresentada por Roberto Alves, do PRB de São Paulo, depende de aprovação da Comissão de Cultura, onde não recebeu emendas, para avançar à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Estabelecido por lei federal, o Livro dos Heróis presta homenagem aos brasileiros que se destacaram em defesa da Pátria. A inclusão de novos nomes depende de aprovação do Congresso.
A legislação em vigor prevê o reconhecimento a brasileiros mortos em campo de batalha ou falecidos há mais de 50 anos. Uma proposta apresentada pelo senador gaúcho Paulo Paim, do PT, pode viabilizar a homenagem aos atletas, tendo em vista que abre caminho para a inscrição dos nomes de cidadãos mortos ou presumidamente mortos em campo de batalha e em representações reconhecidas pelo governo brasileiro, como oficiais, no exterior.
O autor do projeto argumenta que a intenção é reconhecer o legado deixado pelos atletas do clube brasileiro, que fizeram do futebol plataforma para novos sonhos na cidade de Chapecó, no estado de Santa Catarina, no Brasil e em todo o mundo'. “A Chapecoense vivia o melhor momento de sua história no futebol. Pela primeira vez, estava nas finais de um torneio internacional, a Copa Sul-Americana", justifica o parlamentar paulista.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...