ANO: 25 | Nº: 6255
30/09/2017 Segurança

Desembargador concede habeas corpus para policial militar Alexandre Curto dos Santos

Foto: Divulgação

Caminhada saiu da Praça de Esportes até a Catedral de São Sebastião
Caminhada saiu da Praça de Esportes até a Catedral de São Sebastião

Na tarde de sexta-feira, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (TJ-RS) concedeu habeas corpus para a defesa do policial militar Alexandre Curto dos Santos. Com a medida, ele pode responder processo em liberdade.
Curto foi condenado há 12 anos pela morte de um integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), em uma reintegração de posse, ocorrida em São Gabriel, em 2009. Ele estava preso, por decisão judicial, no Batalhão de Posto de Guarda, em Porto Alegre, desde o dia 22 de setembro. Com o habeas corpus, o sargento retornou a Bagé.
Policiais civis e militares participaram, no final da tarde, de uma caminhada em apoio ao sargento. Através de uma petição pública, eles pedem para que Curto seja reintegrado à Brigada Militar, tendo em vista que ele perdeu o cargo por conta da decisão judicial.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...