ANO: 25 | Nº: 6406
03/10/2017 Fogo cruzado

Vereadores buscam manutenção de recurso para saúde

Uma comitiva de parlamentares bajeenses cumpre agenda, hoje, em Porto Alegre, junto à Secretaria Estadual da Saúde, para discutir o corte de verbas do Tratamento Fora de Domicílio (TFD). A medida, que foi adiantada na semana passada, pelo governo do Estado, pode inviabilizar o serviço em Bagé.
Além da agenda com a secretaria, a demanda será apresentada aos deputados Gilmar Sossella, do PDT, e Regina Becker, da Rede Sustentabilidade. Luís Augusto Lara, do PTB, que articulou a reunião com o governo, e Luiz Fernando Mainardi, do PT, já receberam solicitações de apoio à proposta de revisão do corte de recursos.
Na semana passada, o secretário municipal da Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, Mário Mena Kalil, informou que Bagé recebia, até setembro, cerca de R$ 150 mil mensais. Os gastos com diária, manutenção dos automóveis e gasolina para as 2,5 mil viagens realizadas para tratamentos de saúde durante o mês, entretanto, somam cerca de R$ 400 mil.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...