ANO: 26 | Nº: 6495
05/10/2017 Cidade

Prefeitura vai adquirir veículos para fiscalização do Bolsa Família

Foto: Tiago Rolim de Moura

Informações repassadas no cadastro serão confirmadas em algumas residências
Informações repassadas no cadastro serão confirmadas em algumas residências

A Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso vai adquirir dois veículos, com sete lugares cada, para aprimorar a fiscalização do programa Bolsa Família. O benefício é concedido a 7,2 mil bajeenses e o Ministério Público exige que a equipe se dirija aos bairros para checar as informações apresentadas no cadastro.
Conforme o coordenador do programa em Bagé, Paulo Larrosa, o número de cadastros já chegou a 7,4 mil no município. No ano passado, após uma operação pente-fino, o governo federal determinou o corte de uma série de benefícios e também a checagem das informações diretamente nas residências.
Larrosa informa que mais de 270 famílias perderam o beneficio desde o início do ano e cerca de 350 apresentam inconsistências no cadastro, mas seguem recebendo. “A equipe deve realizar as entrevistas novamente, só que desta vez direto no local informado. Algumas pessoas têm renda superior, residência própria e até casos de servidores públicos”, disse.
O pregão presencial para a compra dos veículos acontece no dia 18 de outubro, no setor de compras e licitações da Secretaria Municipal de Economia, Finanças e Recursos Humanos. Larrosa comenta que a partir da aquisição dos carros a equipe iniciará o cronograma de entrevistas.
Têm direito ao benefício famílias cuja renda mensal per capita (por integrante) não ultrapasse a R$ 170. Para participar do programa é necessário que a família tenha gestantes, crianças ou adolescentes de até 17 anos. Para se candidatar, também é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, com dados atualizados há menos de dois anos.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...