ANO: 25 | Nº: 6255
06/10/2017 Fogo cruzado

Prefeitura prepara mapeamento para benefício do Cartão Reforma

Foto: Renata Lima

Realização de mutirão foi definida, ontem, durante reunião de trabalho
Realização de mutirão foi definida, ontem, durante reunião de trabalho

A Prefeitura de Bagé, através das secretarias de Assistência Social, Habitação e Direitos do Idoso (Smasi), Gestão, Planejamento e Captação de Recursos (Geplan) e do Gabinete do vice-prefeito, iniciou, ontem, a organizar o mapeamento de beneficiários que receberão o Cartão Reforma. O Executivo deve organizar um mutirão com servidores das três pastas. O orçamento disponível para o município chega a R$ 1 milhão.
O programa, de iniciativa do governo federal, busca melhorar as condições de moradias das famílias de baixa renda por meio da concessão de subsídio para compra de materiais de construção e assistência técnica de profissionais da área da construção civil. Na prática, o sistema viabiliza a reforma, ampliação ou conclusão de unidades habitacionais.
O benefício é totalmente subsidiado, ou seja, não configura financiamento e nem prestação. Cabe ao beneficiário custear apenas a mão de obra, equipamentos e ferramentas necessários para a execução do serviço. De acordo com o secretário Carlos Adriano Carneiro (Esquerda), serão mapeados os beneficiários das regiões dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) do Prado Velho, Ivo Ferronato e Damé.
A coordenadora de habitação, Regina Baldissera, explica que as famílias mapeadas devem preencher um termo onde serão elencadas as prioridades de reforma daquela moradia. “Nós fornecemos os dados de mapeamento dessas famílias em vulnerabilidade e enviamos os relatórios com as prioridades para o Ministério das Cidades. Cabe a eles dividir o orçamento destinado para Bagé entre as necessidades dos moradores”, explica.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...