ANO: 23 | Nº: 5764

Divaldo Lara

divaldolara@gmail.com
Prefeito de Bagé
09/10/2017 Divaldo Lara (Opinião)

A barragem e o saneamento básico de Bagé

Na semana passada, estive em Brasília com o objetivo específico de garantir recursos a projetos da maior importância para Bagé. Os resultados superaram todas as minhas expectativas, porque levamos projetos concretos visando o desenvolvimento de nossa cidade. Ao meu lado, o deputado Luís Augusto Lara abrindo portas no Governo Federal e no Congresso Nacional.

Um dos temas principais, a obra da barragem, responde a pergunta que muitas pessoas me fazem sobre sua continuidade: não medirei esforços para fazê-la, mas repito que não é uma promessa que tenha feito. Basta o que ouvimos nos últimos 10 anos, basta o seu embargo e a frustração de uma comunidade.

No entanto, fiquei muito feliz com os resultados que obtivemos, quando entregamos os laudos realizados pela Cientec e pelo Crea/RS. Tanto a equipe técnica da Casa Civil da Presidência da República quanto do Ministério da Integração Nacional elogiaram o trabalho que estamos realizando para sanar todos os entraves que existem e possam vir a existir para a continuidade da obra. Comentei com o diretor do Daeb, engenheiro Volmir Silveira, da importância desse reconhecimento em um trabalho que não é fácil fazer, mas que pelo diálogo e a capacidade de articulação encontramos parceiros tão eficientes.

Entregamos todos os documentos, os laudos técnicos necessários e o planejamento dos próximos passos, como a atualização do plano básico ambiental. Assim, garantimos os recursos e os prazos para a construção da barragem, que deverá ter licitação de uma nova empresa no primeiro semestre de 2018.

Quanto ao saneamento básico, outro tema importante levado ao Distrito Federal; desde janeiro tenho dedicado atenção especial aos problemas de conclusão nas obras para a coleta e tratamento do esgoto de Bagé. Verifiquei as condições em que se encontravam para que readequássemos projetos para a aprovação e liberação de recursos de parte da Caixa Econômica Federal. O esgoto é uma das principais reclamações que ouço dos moradores dos bairros de nossa cidade em 20 anos de caminhadas eleitorais.

Na Agência Nacional das Águas (ANA) foram realizadas as análises das readequações dos projetos, pendentes desde 2006.

É muito importante que consigamos concretizar toda essa pendência. Porque quando as obras estiverem concluídas, conforme o projeto em sua amplitude, corresponderão a 80% de esgoto coletado e 50% tratado. Isso colocará Bagé como um município de extrema qualidade de saneamento básico no Brasil.

Na próxima terça-feira, dia 10, o supervisor da Caixa, Maurício Gonçalves Beira, acompanhado de técnicos, avaliará a situação do município, analisará as readequações do projeto e a parte financeira. Vamos torcer para que tudo dê certo. Fizemos a nossa parte. Sei da importância desse trabalho para a população, esgoto coletado e tratado promove a saúde, faz bem à comunidade e deixa os nossos bairros mais bonitos e melhores.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...