ANO: 24 | Nº: 6185
09/10/2017 Cidade

Chefe da Casa Civil dá posse a novo coordenador regional de Educação

Foto: Antônio Rocha

Solenidade contou com autoridades estaduais e municipais
Solenidade contou com autoridades estaduais e municipais

 O professor de matemática, José  Carlos Moreira Noble, 43 anos, foi empossado neste sábado pelo chefe da Casa Civil do Estado, Fábio Branco, como titular da 13ª Coordenadoria Regional de Educação. A solenidade aconteceu no auditório da Escola Estadual de Ensino Médio Carlos Antônio Kluwe e contou com a presença de autoridades estaduais e municipais, professores e representantes de entidades de classe.

 O novo coordenador é servidor público há 20 anos. Atuou 17 anos na educação e há três anos pediu exoneração da Educação, pois realizou concurso para agente penitenciário. Entre as metas de Noble está a execução de obras de melhorias em 14 escolas contempladas com verbas do Estado, o que que projeta um montante de R$1,3 milhões. “Foi uma satisfação retornar ao magistério ainda mais como coordenador”, disse Noble.  

 Noble também pretende fomentar a Comissão de Prevenção à Violência nas Escolas (Cipave), para que sejam realizados seminários, palestras e debates com o objetivo de diminuir a incidência de registros de violência, consumo e tráfico de drogas no entorno das escolas. “Pretendemos incentivar que cada instituição de ensino tenha uma comissão e que a comunidade escolar participe das atividades”, salienta.

 Conforme o coordenador,  o governo reconhece a crise e uma das metas é estabelecer o diálogo permanente com a classe e priorizar o final do ano letivo. Ele disse que há uma preocupação com o pagamento em dia dos trabalhadores e para isso, defende a adesão ao Plano de Execução Fiscal. “Acreditamos que com isso iremos retornar com os pagamentos em dia”, ressalta.

 Parque tecnológico e científico

 Durante a posse, Branco salientou que o principal objetivo da vinda a Bagé foi prestigiar a posse de Noble e também visitar obras como o anel rodoviário e a da Escola de Educação Básica Professor Justino da Costa Quintana. O chefe da Casa Civil falou ainda sobre o parque tecnológico e científico e reforçou o apoio ao projeto que está concorrendo a verbas do governo para ser implementado. “Esse projeto irá impulsionar a geração de emprego e renda”, enfatiza.

 Segundo Branco o projeto que deve ser implantado no Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul) e Universidade Federal do Pampa (Unipampa) prevê trabalhos voltados para as áreas de energia, engenharia, software e agronegócio  e vem ao encontro de uma das ações do Estado para fomentar o pólo carbonífero e trazer valor agregado para o carvão. “É uma grande ferramenta e trará qualificação para a região”, defende.

 Obras

 O secretário adjunto de obras do estado e diretor geral da Secretaria Estadual de Obras, Sandro Boka de Oliveira, também prestigiou a posse de Noble. Oliveira reforçou a importância da obra da escola Justino Quintana. Ele visitou  a escolas e informou que a direção deverá realizar parcerias com a comunidade e disponibilizar alguns locais da estrutura da escola para eventos e atividades da comunidade, buscando meios de garantir a manutenção do prédio. Oliveira diz que a obra da escola deverá ser padrão para o Estado.

 O diretor também enfatizou que a secretaria fará um mutirão de regularização fundiária dos imóveis da extinta Cohab. Ele salientou que são mais de três mil imóveis. Oliveira informa que deverá ser encaminhado um projeto de Lei para a a Câmara de Vereadores de Bagé, isentando os mutuários do pagamento Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) para diminuir o valor dos tramites. “Toda equipe da secretaria deverá vir a Bagé para o mutirão”, salienta.

   

 

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...