ANO: 24 | Nº: 6106
09/10/2017 Cidade

Terceira edição do Sábados Azuis consolida o modelo de feira em Bagé

Foto: Antônio Rocha

Loja móvel não teve problemas com ventania
Loja móvel não teve problemas com ventania

 Após dois meses sem realizar o evento, devido às intempéries, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência Tecnologia e Inovação (SDI) promoveu, no último sábado, a terceira edição do Programa Sábados Azuis. O evento contou com a inscrição de 148 empresas, mas algumas tiveram que encerrar as atividades mais cedo devido ao forte vento que soprou durante o dia na Sete de Setembro.

Foi o caso do estande do  MINUANO. A equipe tinha programado várias atrações em parceria com a Foto Everest e com a maquiadora Liliane Pastorini, porém, todas as atividades tiveram que ser transferidas para o dia 12 de outubro. Conforme a gerente comercial do Jornal, Adriana Robaina, a programação será desenvolvida no estande da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), que será montado no Parque da Associação e Sindicato Rural, durante a 105º Expofeira de Bagé. “Na ocasião, lançaremos o caderno Universo Pet, às 16h”, destaca.

A ventania própria da primavera também atrapalhou a empresária de uma loja de moda esportiva, Daiane Pereira. A lojista desmontou o estande no final da manhã, mas avaliou a iniciativa como positiva. “É uma oportunidade de mostrar os produtos”, disse. Outra empresária do ramo de confecções, Letícia Penteado, não sofreu com o problema. Ela tem uma loja móvel montada em uma van, e as roupas ficaram protegidas dentro do veículo. A maior parte dos participantes, entretanto, contornou o problema. 

O artista Cláudio Fagundes, participou pela segunda vez do evento. Para ele, a edição foi muito positiva e além de comercializar seus quadros e plantas que faz em parceria com a esposa Renize, divulga seu trabalho.

Avaliação

Segundo o secretário municipal, Bayard Paschoa Pereira, o programa Sábados Azuis já se consolidou em Bagé. Ele salientou que as feiras itinerantes foram neutralizadas com base na Lei e o consumidor ficou com alternativas de comprar com preços acessíveis. “A feira ao ar livre fortalece a economia local impedindo a concorrência desleal”, enfatizou.

De acordo com Pereira, a partir da próxima edição o evento será realizada a partir das 18h30min até as 23h. Além disso, haverá um fortalecimento da parte gastronômica e as famílias terão mais conforto para a visitação dos estandes.

 

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...