ANO: 25 | Nº: 6378
11/10/2017 Cidade

Prefeitura cria comissão para rediscutir diretrizes do TFD

A Prefeitura de Bagé criou uma comissão para discutir as novas diretrizes do modelo de Tratamento Fora de Domicílio (TFD). O município tem pouco menos de 30 dias antes da próxima reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que avalia a manutenção ou corte de recursos, para promover ajustes.
O assessor do setor de Tecnologia e Informação da Secretaria Municipal da Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, Márcio da Costa Mello, explica que foi criado um grupo de trabalho, reunindo representantes do Estado, do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (COSEMS) e da prefeitura, para discutir as novas diretrizes do TFD, a fim de apresentar uma proposta de resolução da CIB nos próximos 30 dias. A intenção é evitar o corte dos repasses ao município. A medida seria votada no dia 5, mas foi retirada da pauta da comissão.
Mello conta que o estudo de Bagé foi elogiado pela equipe técnica da Secretaria Estadual da Saúde, que pediu para compor o grupo de trabalho e construir as novas diretrizes juntamente com o COSEMS.
Os gastos com diária, manutenção dos automóveis e gasolina, para as 2,5 mil viagens realizadas para tratamentos de saúde durante o mês, somam cerca de R$ 400 mil. A despesa é quitada com recursos de responsabilidade tripartite: o governo federal repassa ao Estado parte do valor, que encaminha o recurso para o município. A gestão municipal complementa com cerca de R$ 200 mil mensais para cobrir as despesas de TFD.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...