ANO: 25 | Nº: 6312
02/11/2017 Cidade

Chico Botelho recebe prêmio Jabuti pela segunda vez

Foto: Arquivo pessoal

Este é o segundo Jabuti recebido pelo bajeense nos últimos quatro anos
Este é o segundo Jabuti recebido pelo bajeense nos últimos quatro anos

A tradução do mais famoso romance de William Shakespeare, "Romeu e Julieta", rendeu ao jornalista bajeense José Francisco Botelho (Chico), o segundo lugar no Prêmio Jabuti, o mais importante da literatura brasileira.
Esta é a segunda vez que Botelho leva o segundo lugar, na categoria de Melhor Tradução. A primeira foi em 2014, com a tradução de "Contos da Cantuária", do inglês Geoffrey Chaucer.
Ele conta que a notícia o pegou de surpresa. “Foi totalmente inesperado, porque este ano a competição estava muito acirrada. Havia traduções do grego e do alemão, sempre favoritas. Entre os finalistas havia traduções de Platão e Políbio, além de Goethe. Então eu não esperava ficar entre os três vencedores. Além disso, eu havia recebido um Jabuti há pouco e seria improvável ganhar outro agora”, comenta.
Em entrevista anterior, ao Jornal MINUANO, Botelho contou que a tradução de Romeu e Julieta foi realizada em 2016 para a editora Companhia das Letras. Entre as características que destacam o trabalho, o jornalista destaca que teve especial cuidado com as particularidades do texto, como as piadas e trocadilhos, que muitas vezes se perdem na tradução.
No momento, o Botelho trabalha na tradução de outras obras de Shakespeare, como "Júlio César", que deve ser publicada ainda neste ano, também pela Companhia das Letras. Ele também faz traduções literárias para outras editoras e mantém coluna na revista Veja e no blog Estado da Arte (Estadão).

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...