ANO: 25 | Nº: 6354
08/11/2017 Cidade

Pianistas de Bagé se unem a corais para apresentação de novo espetáculo

Foto: Arquivo JM

Músicas são executadas por duplas de pianistas em até cinco pianos.
Músicas são executadas por duplas de pianistas em até cinco pianos.

O grupo Pianistas de Bagé apresenta o novo espetáculo “Extraordinários, de Händel a Orff”, nos dias 17 e 18 de novembro, às 21h, no complexo cultural do Museu Dom Diogo de Souza. Os ingressos podem ser comprados na secretaria do Instituto Municipal de Belas Artes (Imba). A novidade desta apresentação será a participação dos corais Auxiliadora, de Bagé, e Terra da Paz, de Dom Pedrito, além do apoio vocal de ex-integrantes dos antigos corais do Imba e da Universidade da Região da Campanha (Urcamp).

Na ocasião, haverá uma homenagem póstuma para a professora que fundou o grupo, Gelcy Porto Médici, e uma celebração especial para Gilca Nocchi Collares, que rege o coral Auxiliadora. O grupo de pianistas foi formado na década de 1960, pelor Gelcy com seus alunos do Imba. A iniciativa se trata de um espetáculo de música executado simultaneamente com até cinco pianos, a 20 mãos.
O projeto foi reconstituído, em 2008, pela pianista e atual coordenadora do projeto, Lúcia Antônia Bezerra de Mello, como forma de homenagear os 80 anos da professora que deu origem ao projeto.
Lúcia explica que as músicas do espetáculo serão os clássicos que se tornaram populares. A pianista adianta que o repertório terá 12 canções e contará com as músicas “O Fortuna” e “Fortune plango vulnera”,da peça Carmina Burana, composta por Carl Orff, na década de 1930. A coordenadora também revela que o show deve ser encerrado com "Aleluia" de George Frideric Händel.

 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...