ANO: 25 | Nº: 6330
08/11/2017 Cidade

Reajuste no preço dos combustíveis entra em vigor

Foto: Tiago Rolim de Moura

Esta é a terceira suba consecutiva no valor da gasolina desde o mês de outubro
Esta é a terceira suba consecutiva no valor da gasolina desde o mês de outubro

O aumento de 2,3% no preço da gasolina e de 1,9% no diesel, nas refinarias, anunciado pela Petrobras na segunda-feira, entrou em vigor à meia-noite de ontem, e deve ter reflexo nos postos em Bagé nas próximas recargas de combustível.

Esta é a terceira alta consecutiva da gasolina anunciada pela estatal desde o mês de outubro. Segundo a assessoria de imprensa da Petrobras, o reajuste foi causado principalmente pelo aumento das cotações dos produtos e do petróleo no mercado exterior, influenciado pela geopolítica internacional, assim como pela continuidade da política de contenção da oferta pela Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep). Além disso, houve uma depreciação do valor do real frente ao dólar.
A avaliação dos representantes do Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp) da Petrobras é que a nova política de preços tem se mostrado capaz de garantir a aderência dos preços praticados pela companhia às volatilidades dos mercados de derivados e ao câmbio.
Na manhã de ontem, a reportagem do Jornal MINUANO entrou em contato com representantes de postos locais, para verificar se o aumento já reflete no preço dos combustíveis em Bagé. Entretanto, os representantes questionados disseram que ainda não necessitaram executar um reabastecimento.
O gerente de um posto da avenida Presidente Vargas, que prefere não se identificar, disse que a refinaria já havia informado sobre o aumento no preço, porém ainda não tinha passado a porcentagem certa. Ele conta que o posto também sofre com a nova política de mercado da Petrobras, pois os frequentes aumentos influenciam nas vendas e causam constrangimentos para pessoas que procuram os locais esperando encontrar o produto pelo antigo preço.
Para o militar Eloi Giacomolli, 52 anos, que estava abastecendo seu automóvel na manhã de ontem, a população está pagando reajustes que são um reflexo da corrupção no país, pois os impostos são responsáveis por grande parte do valor do combustível. O militar comenta que se preocupa com a alta frequência no aumento de impostos em geral, enfatizando os casos de pessoas que precisam de veículos para o uso no trabalho.

 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...