ANO: 25 | Nº: 6332
09/11/2017 Campo e Negócios

Chefe de P&D da Embrapa Pecuária Sul apresenta palestra em evento internacional

O Centro Alemão de Ciência e Inovação - São Paulo (DWIH-SP), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC) realizam, hoje, em São Paulo, o 6º Diálogo Brasil-Alemanha de Ciência, Pesquisa e Inovação.
Durante o evento, o pesquisador e chefe-adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da Embrapa Pecuária Sul, Fernando Flores Cardoso, apresenta palestra dentro do painel de Produção Sustentável de Alimentos e Bioprodutos, na sessão Bioeconomia e segurança alimentar com foco em animais. “O evento busca aproximar pesquisadores dos dois países com foco em Bioeconomia. Vou apresentar nossas pesquisas com genômica para resistência ao carrapato e outras características de adaptação”, destacou Cardoso.
O 6º Diálogo Brasil-Alemanha de Ciência, Pesquisa e Inovação tem como tema geral nesta edição a Bioeconomia. O objetivo do evento é destacar os campos de interesse mútuo e estimular o intercâmbio de experiências em três campos principais: biotecnologia industrial, uso de biomassa para aplicações técnicas e, finalmente, produção sustentável de alimentos combinada com nutrição saudável. Além disso, o evento deve aumentar a rede entre iniciativas e competências existentes no quadro da Bioeconomia em ambos os países.
Os debates propostos pelo 6º Diálogo Brasil-Alemanha de Ciência, Pesquisa e Inovação buscam responder a uma pergunta central, indicada na apresentação do evento: como as principais universidades alemãs e brasileiras, os centros de P&D e as principais empresas globais, bem como os governos dos dois países, enfrentam as demandas da nova sociedade para recursos e desafios ambientais e criam novas soluções para moldar uma nova bioeconomia baseada na inovação.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...