ANO: 25 | Nº: 6406
11/11/2017 Cidade

Programa Avançar deve investir mais de R$ 1 milhão na região

Foto: Prefeitura de Aceguá/Divulgação

Verbas para Aceguá são provenientes do Ministério da Educação
Verbas para Aceguá são provenientes do Ministério da Educação

O Programa Avançar, lançado pelo governo federal, na quinta-feira, com o objetivo de finalizar 7.439 obras que estão paralisadas em todo o País, contempla projetos de Aceguá e Candiota. A entrega das obras deve ocorrer até o final de 2018. Os empreendimentos da região receberão o investimento de R$ 1,1 milhão.
O Avançar, que prevê um investimento de R$ 130,9 bilhões, projeta a conclusão de obras de saneamento, creches, unidades básicas de saúde, recuperação de pistas de aeroportos e duplicação de rodovias em todos os Estados do Brasil. Em Aceguá, serão finalizadas as obras das escolas municipais de Ensino Fundamental Pioneira e Francisco de Paula. Conforme o prefeito do município, Gerhald Martens (doutor Geraldo), do PSDB, as estruturas estão em fase de finalização, com mais de 80% concluídas.
O prefeito conta que, na escola Pioneira, o investimento é para a conclusão da cobertura de uma quadra poliespotiva. Martens adianta que o investimento, viabilizado através do Ministério da Educação, totaliza R$ 36.938,82. A previsão inicial era concluir até o dia 30 de dezembro, mas, conforme o gestor, a construção deve ser finalizada nos próximos dias.
Já na escola Francisco de Paula, a situação é um pouco diferente. O valor do investimento é de R$ 101.797,37, e, segundo o prefeito, a empresa que estava realizando a obra de uma quadra poliesportiva faliu. O Executivo está tentando negociar para que a firma finalize a construção. A intenção é evitar a realização de nova licitação. “Faltam poucos detalhes”, relata.
Em Candiota, as verbas são provenientes do Ministério da Saúde. Uma delas é para a construção de uma Unidade Básica de Saúde (UBS), no valor de R$ 618,4 mil. A obra está em andamento desde 21 de outubro de 2014 e está apenas 40% concluída. A previsão de termino é em 30 de dezembro de 2018.
A outra obra é de saneamento básico e abastecimento. O valor do investimento é de R$ 910.177,08 e a previsão de finalização é para fevereiro de 2018. O empreendimento está 80% concluído.
De acordo com informações do governo federal, os recursos para custear os projetos virão de três fontes: R$ 42,1 bilhões do orçamento geral da União; R$ 29,9 bilhões da Caixa Econômica Federal, do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); e R$ 58,9 bilhões, de empresas estatais do setor de energia, em especial a Petrobras.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...