ANO: 23 | Nº: 5793
14/11/2017 Cidade

Representando Corede e Urcamp, Lia Quintana participa de implantação do programa Líder do Sebrae

Integrantes do Sebrae, Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede), Universidade da Região da Campanha (Urcamp), Universidade Católica de Pelotas (UCPel) e representantes da Alta Escola de Empresa e Sociedade (Altis), da Universidade Sacro Cuore, de Milão, estiveram reunidos na manhã de ontem. O objetivo do encontro foi de avaliar as ações desempenhadas pela governança regional para implantação do programa Líder na região.

Presidente do Corede Campanha e reitora da Urcamp, Lia Quintana participou do encontro, que contou, também, com a participação do chefe da Casa Civil do Estado, secretário Fábio Branco. Tanto a Urcamp quanto o Corede têm cadeira no comitê de implantação do programa na região. Um dos destaque feitos pela reitora foi quanto à preocupação em montar um plano que contemple as realidades das regiões. Lia ressaltou a fala do representante italiano quando mencionou que nenhuma experiência externa deve ser "tropicalizada", o ideal é que esses modelos sejam construídos pelo diálogo entre os atores locais. A reitora detalhou três aspectos da estrutura do projeto: um grupo que se organiza como mentores, outro que estrutura a cabine de governança e um terceiro, formado pelo comitê científico. Juntos, eles devem promover desenvolvimento a longo prazo.

No programa, o Sebrae atua em parceria com os setores público, privado e terceiro setor, a fim de propiciar um ambiente favorável para o desenvolvimento dos negócios. Por meio da integração desses atores e visando a construção de uma agenda positiva de desenvolvimento, que considere uma visão de futuro construída de forma conjunta com a sociedade local, é possível tornar o território mais competitivo e, por consequência, gerar o seu desenvolvimento.

Nesse sentido, o Sebrae atua nas regiões Campanha, Fronteira Oeste e Sul com Programa Líder – Liderança para o Desenvolvimento Regional – uma metodologia que permite que lideranças locais possam dialogar e vislumbrar uma visão de futuro compartilhada numa agenda de desenvolvimento a longo prazo.

Programação da tarde

O diretor superintendente e o gerente de políticas públicas do Sebrae, Derly Fialho e Bruno Quick, respectivamente, recepcionaram os participantes em um almoço no Núcleo Bajeense de Criadores de Cavalos Crioulos, na Associação e Sindicato Rural.

À tarde, o trabalho aberto ao público iniciou com apresentação da implementação do programa Líder, através da palestra “Um modelo de Governança”, sob responsabilidade pelo docente da Università Cattolica Del Sacro Cuore, de Milão, Fabio Antoldi.

A palestra foi apresentada em italiano e traduzida, simultaneamente, por meio de fones de ouvidos para os participantes. De acordo com a estrutura apresentada por Antoldi, o sistema de governança para implantação do programa conta com o trabalho desenvolvido por três comitês específicos: Campanha, Fronteira Oeste e Novo Sul. Cada região tem seus próprios representantes, com objetivos e ações específicas para definir a prioridade de ação em cada área.

Em seguida, o reitor da UCPel, José Carlos Bachettini, apresentou o trabalho desenvolvido pelo Observatório para o Desenvolvimento Territorial e o professor da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), Marcos Gabbardo, explicou o projeto-piloto da Cadeia do Vinho, que está entre as ações fomentadas, buscando o desenvolvimento regional. O coordenador do Instituto de Pesquisa e Mercado da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), Marcelo Fonseca, dissertou sobre as "Oportunidades de Turismo do Pampa Gaúcho". A tarde de atividades foi encerrada com o painel “Caminhos para o Desenvolvimento da Fronteira Sul na visão de líderes empresariais”.

As atividades prosseguem hoje, com oficinas simultâneas, falando sobre a consolidação dos projetos desenvolvidos pelos comitês.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...