ANO: 25 | Nº: 6257
15/11/2017 Fogo cruzado

Comissões aprovam proposta de ampliação do Sistema Municipal de Juventude

Os pareceres favoráveis, das comissões técnicas, ao projeto que altera a lei criada para estabelecer o Sistema de Juventude, ampliando de 15 para 21 o número de membros do Conselho Municipal dos Direitos da Juventude, foram aprovados pelo plenário do Legislativo bajeense. A expectativa, agora, é de que a mudança seja votada, em caráter conclusivo, dentro de duas semanas.
A nova redação abre vaga para representantes do Diretório Central de Estudantes (DCE) ou Diretório Acadêmico (DA) da Universidade da Região da Campanha (Urcamp), da Secretaria de Educação e Formação profissional, da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer, da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, da Secretaria Municipal de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência e da Secretaria Municipal de Assistência Social, Trabalho, Habitação e Direitos do Idoso.
Com base no novo texto, apresentado pelo governo em setembro, o Conselho Municipal dos Direitos da Juventude também terá novos integrantes de universidades, além de representação indicada pela Associação e Sindicato Rural de Bagé, representantes do Conselho Municipal de Defesa da Pessoa com Deficiência, dos Clubes de Serviços de Bagé, Rotary ou Interact, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Proteção ao Bioma Pampa, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilização Urbana, e da Secretaria Municipal de Gestão, Planejamento e Capacitação de Recursos.
O Sistema Municipal da Juventude, criado em 2007, tem por objetivo garantir o acesso universal e igualitário a projetos e programas nas mais diversas áreas, compreende uma conferência, um conselho e um fundo específicos. O conselho é formado por uma diretoria executiva, composta por presidente, vice-presidente, primeiro-secretário e segundo-secretário, que serão eleitos 30 dias após a posse, pela maioria qualificada de seus membros titulares e, na ausência destes, pelos seus respectivos suplentes.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...