ANO: 25 | Nº: 6399

José Artur Maruri

josearturmaruri@hotmail.com
Colaborador da União Espírita Bajeense bagespirita.blogspot.com.br
18/11/2017 José Artur Maruri (Opinião)

Família – aperte esse laço

"Foge também aos desejos da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor e a paz com os que, de coração puro, invocam o Senhor." — Paulo (II Timóteo, 2, 22.)
Neste final de semana, na cidade de São Gabriel, acontece a primeira Confraternização das Juventudes Espíritas (Conjer) da 6ª Região da Federação Espírita do Rio Grande do Sul.
Quase uma centena de jovens espíritas se deslocarão de Dom Pedrito, Santana do Livramento e Bagé até São Gabriel, onde se juntarão aos jovens da “Terra dos Marechais” para dialogar acerca do tema central do evento: “Família – aperte esse laço”.
Os jovens participarão de atividades musicais, brincadeiras e oficinas com diferentes temas que permeiam as suas vidas, tais como famílias homoafetivas, famílias virtuais, eixos familiares, conflitos familiares e o diálogo, além dos valores familiares.
Segundo o espírito Joanna de Ângelis, em psicografia de Divaldo Franco, ainda no ano de 1982, o papel de eventos como o que está sendo realizado em São Gabriel, que atendem aos apelos da Evangelização Espírita Infanto-Juvenil, tem um papel muito importante, porque graças ao trabalho preparatório que se vem realizando, há anos, junto à criança e ao jovem, é que encontramos uma floração abençoada de trabalhadores, na atualidade, que tiveram o seu início sadio e equilibrado nas aulas de evangelização espírita, quando dos seus dias primeiros na Terra.
Esse ministério de preparação do homem do amanhã facultará ao Brasil tornar-se realmente “O coração do mundo e a Pátria do Evangelho”, conforme a feliz ideação do espírito Humberto de Campos, por intermédio de Francisco Cândido Xavier, traduzindo o programa do Mundo Maior em referência à nação brasileira.
Joanna prossegue relatando que na alvorada do próximo milênio, os jovens da atualidade estarão chamados a exercer tarefas e atender a compromissos cujos resultados dependerão da formação que lhes seja dada, desde agora. Sendo a Doutrina Espírita a mais excelente Mensagem de todos os tempos — porque restauradora do pensamento de Jesus Cristo em forma compatível com as conquistas do conhecimento moderno —, é óbvio que a preparação das mentes infanto-juvenis à luz da evangelização espírita é a melhor programação para uma sociedade feliz e mais cristã.
Conforme afirmam os benfeitores espirituais, entidades venerandas se reemboscam na vestimenta carnal para apressar o “reino de Deus”. Outros espíritos mais infelizes, que ficaram retidos em regiões de dor e sombra por alguns séculos, a fim de que não perturbassem a marcha do progresso da Humanidade, igualmente serão trazidos — como já vem ocorrendo — à experiência da reencarnação iluminativa. Sendo assim, é justo estejamos preocupados em socorrer estes últimos com a mensagem libertadora e auxiliar os outros que virão abrir caminhos novos para o Bem e a Verdade no despertamento de suas responsabilidades.
Que Jesus e os espíritos venerandos amparem e que essa Conjer seja a primeira de muitas que virão.
“Guardemos a devida compreensão de que é preciso perseverar no bem, pois a palavra de ordem continua sendo a mesma que ecoa há mais de dois mil anos: doar amor”. – Espírito Meimei
(http://www.dij.febnet.org.br/evangelizador/topico/opiniao-dos-espiritos-sobre-evangelizacao/. Portal da Federação Espírita Brasileira. Acesso em 17/11/2017)

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...