ANO: 24 | Nº: 6083
22/11/2017 Editorial

Obrigação coerente

Forçar os bancos a dispor de circuito interno de TV não é uma medida descabida. A obrigatoriedade, aliás, pode ser instituída por lei, através de uma proposição que tramita na Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado. Sem a regulamentação, a presença desses equipamentos, imprescindíveis para a segurança, é opcional.
O proponente, senador Humberto Costa, do PT do Ceará, afirmou, à Agência Senado, que a intenção é coibir os assaltos. A presença dos sistemas, na avaliação do petista, deve aumentar a segurança dos clientes e dos funcionários, sobretudo em cidades do interior, alvos preferenciais dos criminosos. A perspectiva da identificação, nesse sentido, é fundamental para a proteção de todos.
A proposta determina que os sistemas devem observar as recomendações técnicas do Departamento de Polícia Federal e armazenar as imagens por, no mínimo, 30 dias. A matéria não deve enfrentar resistências. A julgar pela posição do relator, senador Otto Alencar, do PSD da Bahia, ao observar que os sistemas deixaram de ser artigo de luxo, tornando-se um item essencial, a aprovação é uma questão de tempo.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...