ANO: 25 | Nº: 6335
25/11/2017 Cidade

Sindicatos ainda não definiram horário de Natal para comércio

Foto: Tiago Rolim de Moura

Comerciários aguardam acordo coletivo
Comerciários aguardam acordo coletivo

Como o maior movimento do comércio é próximo ao Natal, as empresas tendem a estender horários e abrir aos domingos para atender a demanda crescente. Neste ano, entretanto, próximo do início do mês de dezembro, ainda não há uma definição se as lojas contarão com horário diferenciado ou não.
Nilton Martins, representante do Sindicato dos Empregados no Comércio de Bagé (Sindicom), explica que a partir da Lei 12.790, de 2013, que regulamenta a atividade do comerciário, é prevista que a modificação de horários só será realizada mediante convenção coletiva ou acordo coletivo referente ao período de 1º de agosto de 2017 a 31 de julho de 2018. Em reuniões anteriores, realizadas entre o Sindicom e o Sindicato do Comércio Varejista de Bagé (Sindilojas), não houve entendimento sobre o dissídio da categoria e, dessa forma, não foi estabelecido horário para o comércio durante o Natal.
A proposta do sindicato patronal foi de repetir o horário de final de ano implantado em 2016. Como não houve definição da convenção anual, o Sindicom não aceitou a proposta. “Não negociaremos até que feche a convenção de salário. Se não houver definição da convenção, o horário será normal, até às 19h, sem abertura aos domingos”, comenta Martins.
O presidente do Sindilojas, Nerildo Garcia Lacerda, afirma que a convenção coletiva está sendo negociada.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...