ANO: 25 | Nº: 6256
25/11/2017 Esportes

Totonho pode comandar Guarany em 2018

Foto: Arquivo JM

Padilha começou como treinador, aos 17 anos
Padilha começou como treinador, aos 17 anos

O treinador Totonho Padilha, que atua há mais de 22 com jogadores da base, pode comandar o Guarany na disputa da Terceira Divisão em 2018. Caso a contratação seja confirmada oficialmente pelo clube, essa seria a primeira atuação dele no futebol profissional no comando de um time.
O nome de Totonho circula nos bastidores, mas ainda não foi confirmado formalmente. O treinador começou como ponta direita e esquerda, no Guarany, aos 17 anos. O profissional passou pelo juvenil do Inter na mesma idade. Padilha disputou em 1979 e 1980 no alvirrubro da Rainha da Fronteira. Atuou, depois, no Bagé. Em 1983, voltou ao Guarany e em 1984 fez o gol da vitória de 1 a 0 sobre o Farroupilha, impedindo o Guarany de ser rebaixado.
Com 25 anos, abandonou a carreira de jogador de futebol e voltou aos gramados em 1996, desta vez como treinador. Criou a Escola de futebol do Grêmio Subtenentes e Sargentos. Em 2000, treinou a categoria júnior do Bagé e em 2003 criou a Escola de Futebol do Clube Caixeiral, que durou até 2008.
No ano de 2009, Padilha retornou ao Guarany para treinar a categoria juvenil. Ele ficou dois anos fora, trabalhando na Escola de Futebol Conveniada do Grêmio, e retornou em 2012, onde permaneceu até 2015.
Nesse período, Padilha trabalhou com Jailson, que veste atualmente a camiseta do Grêmio, venceu a Copa Teutônia em 2014 e foi campeão estadual no juvenil. Atualmente, Padilha atuava a Chape Bagé, criada por ele. Ele também organizou o Fronteiraço, disputa que durou 11 edições.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...