ANO: 25 | Nº: 6309
29/11/2017 Cidade

Candiotenses com títulos cancelados correm risco de não votar nas próximas eleições

Foto: Tiago Rolim de Moura

Eleitores podem normalizar situação no cartório em Bagé
Eleitores podem normalizar situação no cartório em Bagé

Mais de 1,4 mil candiotenses permanecem com títulos de eleitor cancelados e correm o risco de serem impossibilitados de votar nas próximas eleições, caso não formalizem o processo até maio de 2018. Esses eleitores não realizaram o recadastramento biométrico entre os dias 6 de março e 27 de setembro, prazo estimado para o município, pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS).
Conforme a chefe de cartório substituta da 142ª Zona Eleitoral, Antônia Albanus, os dados foram coletados no último levantamento do sistema. Para evitar futuros problemas, estes eleitores precisam normalizar a situação, comparecendo à 142ª Zona Eleitoral, com documento de identidade, título eleitoral e comprovante de residência expedido nos últimos três meses. O cartório está aberto das 12h às 19h, na rua Marechal Deodoro, nº 274.
Além do risco de perder o direito de votar, o cancelamento do título de eleitor pode ocasionar diversos outros problemas, como o impedimento para obter passaporte ou carteira de identidade, dificuldade em receber salários de função ou emprego público, bloqueio em empréstimos e a proibição de realizar inscrições em concursos públicos.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...