ANO: 24 | Nº: 6159
21/12/2017 Fogo cruzado

Nenhum projeto de térmicas a carvão foi contratado no leilão de energia

O leilão de geração de energia de novas fontes, realizado, ontem, pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), movimentou R$ 13,94 bilhões em investimentos para gerar 572, 5 milhões de megawatts-hora (MWh). Foram contratados 63 empreendimentos que devem iniciar operações em 2023. Nenhum projeto de térmicas a carvão foi contratado. Em nível local, apenas a usina termelétrica Ouro Negro, prevista para Pedras Altas, integrava a oferta.
O certame movimentou R$ 13,94 bilhões em investimentos para gerar 572, 5 milhões de MWh. A potência instalada contratada está em 3.841 megawatts (MW). Desses, 1.386 MW serão disponibilizados por 49 centrais eólicas. Seis pequenas centrais hidrelétricas respondem por 76 MW, seis termoelétricas movidas à biomassa por 177 MW e duas centrais de gás natural por 2.139.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...