ANO: 25 | Nº: 6353
23/12/2017 Fogo cruzado

Câmara de Bagé terá extraordinárias na próxima semana

Por conta de pedidos de vista, que impediram a votação dos projetos que incluíam a pauta das sessões extraordinárias realizadas na sexta-feira, o presidente do Legislativo bajeense, vereador Edimar Fagundes, do PRB, convocou novo roteiro de sessões para quarta-feira. “Queríamos ter apreciado as matérias, mas, como não foi possível, recorremos à nova convocação. Na próxima semana, todos os vereadores terão tempo de 30 minutos a cada pedido de vista”, adiantou.
O presidente demonstrou preocupação com a celeridade do processo, salientando que algumas redações podem ser prejudicadas, caso as votações ocorram em 2018, em função das restrições impostas pela legislação eleitoral. “Nossa intenção é agilizar as votações, porque estamos avaliando projetos importantes. Eu diria que são pautas fundamentais para a cidade”, resumiu.
A agenda inclui o plano de mobilidade urbana, uma proposta que viabiliza a revitalização da estação rodoviária e a redação que cria a guarda municipal, para citar três exemplos. Uma das matérias ficou em vista com o líder do PT, vereador Lélio Nunes (Lelinho). O restante ficou em vista com Rafael Rodrigues, do PT, que divergiu sobre o critério adotado para concessão do pedido de vista ao colega petista. “Penso que precisamos de tempo para avaliar as propostas. A intenção não é atrapalhar. Apenas entendo que as regras devem valer para todos. Se um vereador tem 30 minutos para avaliar um projeto, todos os outros devem ter o mesmo prazo”, justificou.

Deixe seu comentário abaixo

Em tempo real

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...