ANO: 254 | Nº: 6355
04/01/2018 Fogo cruzado

Valter Nagelstein assume presidência da Câmara de Vereadores de Porto Alegre

Foto: Elson Sempé Pedroso/CMPA

Bajeense vai comandar Legislativo durante 2018
Bajeense vai comandar Legislativo durante 2018

A Câmara de Vereadores de Porto Alegre empossou, ontem, em sessão especial, sua nova Mesa Diretora, eleita no dia 11 de dezembro do ano passado para comandar o Legislativo em 2018. A Casa, que tem 36 parlamentares, será presidida pelo bajeense Valter Nagelstein, do PMDB, tendo como primeira vice-presidente a vereadora Mônica Leal, do PP, e segundo vice-presidente o vereador Mauro Pinheiro, da Rede.
Nagelstein, 47 anos, é advogado, formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. A trajetória política do presidente iniciou em 2000, aos 30 anos, como secretário do Conselho de Desenvolvimento dos Estados do Sul (Codesul) e diretor de Fomento Social da Caixa RS, hoje Badesul. Ainda em 2000, foi o mais jovem candidato a prefeito de Porto Alegre. Em 2002, foi candidato a deputado estadual e, em 2004, candidato a vice-prefeito da capital.
Em 2008, Nagelstein foi eleito vereador de Porto Alegre. Em 2009, seu primeiro ano como vereador, foi líder do governo na Câmara e presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Em 2010, foi nomeado secretário municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic), na gestão do ex-prefeito José Fogaça, do PMDB.
Reeleito em 2012, foi secretário de Urbanismo de Porto Alegre, entre 2015 e 2016. No terceiro mandato, em 2017 foi vice-presidente do Legislativo de Porto Alegre, assim como da Comissão Permanente de Urbanismo, Transporte e Habitação (Cuthab) e presidente da Comissão Especial de Tecnologia e Inovação.
Valter Nagelstein foi, ainda, presidente da Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e do Mercosul, além de ter comandado o PMDB de Porto Alegre em dois mandatos consecutivos.


Aberto às manifestações
Em seu discurso de posse, no Plenário Otávio Rocha, Nagelstein destacou, como aspectos principais de sua gestão, a ampliação do diálogo e a garantia de fazer do Legislativo municipal um espaço aberto às manifestações pertinentes da cidade. O presidente saudou as autoridades e os demais presentes e parabenizou o vereador Cassio Trogildo, do PTB, que presidiu a Câmara por dois anos consecutivos, em 2016 e 2017. “Com a mesma firmeza que os gestores desta Casa geriram os trabalhos do Legislativo, assim pretendo permanecer em 2018, com o mesmo comprometimento e determinação”, disse o novo presidente. 
Nagelstein destacou que assume um dos principais desafios da vida pública e recebe esta responsabilidade com o compromisso de inovar, fiscalizar, dialogar e agir. “Tudo o que for possível fazer para ajudar a resgatar a Porto Alegre de outrora, uma Capital que seja o símbolo e o orgulho de cada gaúcho, onde nossa gente se reconheça um povo feliz”, reiterou.
O bajeense anunciou que pretende dar continuidade à austeridade que vem sendo a marca das gestões no Legislativo de Porto Alegre, ampliando o diálogo com a cidade e mantendo o parlamento como santuário da cidadania, sendo um espaço aberto a todas as manifestações, dentro de um ordenamento. O presidente também defendeu a necessidade de trabalhar em conjunto com os 36 vereadores na Câmara e com o Executivo, primando pelo diálogo e pela mediação. “Sei, também, que numa relação republicana o que se deve perseguir é a sinergia entre os poderes e não o enfrentamento, e que o parlamento não só pode, como deve, modular as iniciativas do Executivo naquilo que lhe couber”, pontuou.


Autoridades

A posse da nova mesa diretora foi acompanhada pelo prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan, do PSDB, pelo chefe da Casa Civil do governo do Estado, Fábio Branco, representando o governador José Ivo Sartori; pelo deputado Tiago Simon, do PMDB, representando o presidente da Assembleia Legislativa; pelo diretor do Foro da Comarca de Porto Alegre; pelo juiz Amadeo Henrique Ramella Butelli, representando o Poder Judiciário; pelo subdefensor público do Estado, Tiago Rodrigues dos Santos; pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado, Iradir Pietroski; pelo presidente do Tribunal Federal da 4ª Região, desembargador Thompson Flores; pela senadora Ana Amélia Lemos, do PP; pelo deputado federal José Fogaça, do PMDB; e pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil/Seccional do Rio Grande do Sul, Ricardo Breier.


Com informações da assessoria de imprensa da Câmara de Vereadores de Porto Alegre

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...