ANO: 24 | Nº: 6038

Divaldo Lara

divaldolara@gmail.com
Prefeito de Bagé
08/01/2018 Divaldo Lara (Opinião)

Para ser feliz é preciso sonhar

Há um ano, quando começávamos a gestão à frente da Prefeitura, iniciei a coluna definindo como estávamos agindo para transformar o município em um lugar melhor de se viver. Assim dizia o artigo: 
“Está sendo uma semana de muito trabalho, muito empenho e dedicação de uma equipe que encara o grande desafio da retomada de Bagé como uma cidade que um dia esteve entre as mais desenvolvidas do Rio Grande do Sul. Entretanto, o entusiasmo que me fascina encontra inúmeras surpresas desagradáveis, resultado de uma administração que visivelmente se perdeu ao longo do tempo, deixou-se envolver pelo descaso e errou muito.”
Hoje reitero que continuamos com o mesmo empenho e dedicação. Avançamos, conquistamos espaços necessários para o bom andamento da administração, descobrimos novos caminhos e estamos tornando a máquina pública melhor de que quando a encontramos em janeiro de 2017.
Tenho dito nesses primeiros dias de 2018 que quando um ano começa as nossas esperanças se renovam. É uma verdade que se mostra a cada momento, refizemos compromissos, buscamos novas energias e percebemos como podemos fazer melhor para dar qualidade à vida das pessoas. 
Desde que sonhei ser prefeito de Bagé até a realização desse sonho, graças à vontade dos bajeenses, meus objetivos para a cidade são os mesmos, porém, aprimorados, eles melhoram, qualificam-se frente aos acontecimentos do dia a dia e os encontros de conversa com um e outro pelas ruas. Ou seja, sonhei um dia ser prefeito para ajudar as pessoas e, hoje, sendo prefeito busco a ajuda de Deus para conseguir ser eficiente nos meus propósitos, trabalhando muito, porque percebo que há muito para fazer e muito tempo foi perdido sem que o básico necessário fosse feito. Por isso, o planejamento se tornou prioritário nessa caminhada de tornar Bagé uma cidade desenvolvida, com uma infraestrutura eficiente e de oportunidades para quem aqui vive.
Tomara consiga tornar 2018 um grande ano para a Rainha da Fronteira. Vamos precisar de todos, em muitos momentos será necessária a humildade de aceitar a correção de caminho, mas com toda a certeza queremos dias de otimismo, de trabalho, de perseverança, de acreditar e de coragem.
Um ano novo é como um novo sonho. E feliz aquele que sonha e nutre a esperança de realizá-lo, feliz é quem sabe que não sonha sozinho; feliz é quem pode compartilhar realizações que um dia foram sonhos.
Um ano ao começar espera muito de nós, espera atos de renovação; espera que tornemos forte o que já é bom e saudável.
Um ano ao começar só suplica quando entende que não sabemos ouvir o pedido de socorro do necessitado, então grita a nos rogar. Mas, tomara saibamos prevenir antes de ter que ouvir a súplica.
Feliz 2018, que consigamos ser felizes e realizadores do melhor para todos! 
Feliz 2018, que consigamos ser sonhadores de um mundo em que todos possam contar uns com os outros para compartilhar o que a vida oferece de bom para viver.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...