ANO: 24 | Nº: 5940
15/01/2018 Esportes

Guarany investe no primeiro peneirão de talentos

Foto: Sérgio Galvani / EspecialJM

Da esquerda pra direita: Pedro, Joubert , José Mateus, Bruno Rodrigues, Talyson Xavier, Devail Alisson Carvalho, Vitor Martins
Da esquerda pra direita: Pedro, Joubert , José Mateus, Bruno Rodrigues, Talyson Xavier, Devail Alisson Carvalho, Vitor Martins

Durante todo o final de semana, o Guarany Futebol Clube retomou a realização das seleções de jovens talentos, visando dar reforço às alternativas de plantel do time. O primeiro “peneirão” no Estádio Estrela D’alva, desde o ano de 2014, contou com a participação de 55 jovens inscritos tentando uma oferta de sete vagas no time que disputa a terceirona do gauchão este ano.

O técnico Totonho Padilha ressalta que essa atividade pretende atrair talentos que querem participar do time. “Fizemos dois dias de peneira, pois queremos ver o total potencial de cada jovem, temos 50% de jogadores de fora de Bagé, que vieram com interesse em fazer parte do Guarany. Realizamos treinamento técnico de campo, com jogos disputados para saber quem tem o melhor desempenho em cada posição”, explica. Totonho conta que a ideia surgiu quando viu processos seletivos semelhantes em outros times. “Passei para o presidente Sabella que o Sapucaiense e outros times estavam realizando e achamos interessante realizar aqui no Guarany, para trazer talentos”, relata.

O técnico salienta que cada jogador, em sua posição, tem que mostrar as características necessárias. “Queremos atletas que façam seu papel, o meio de campo tem que ir para frente, tentar chegar ao gol; o atacante tem que fazer gol, essa é a característica que queremos”, completa.

Atletas

O jovem William Leonel, 22 anos, veio de Palhoça, Santa Catarina, para tentar uma vaga no Guarany. “Fiquei sabendo da peneira por um amigo que é de Bagé e mora em Palhoça. Sou jogador profissional já há alguns anos e achei interessante participar”, conta o jogador. Ele ressalta que joga na posição de volante e lateral e já jogou em times de Santa Catarina, como o Guarani de Palhoça, Imbituba, e também no Figueirense. “Nossa, Bagé é muito longe, estou no alojamento, sei que fiz um investimento de valor de inscrição e alimentação, mas acho que vai valer a pena, pois passei muito tempo na estrada”, comenta.

De Porto Alegre vieram outros dois jogadores, Éwerton dos Santos Lopes, 23 anos, e William Ferreira de Magalhães, 22, também para tentar uma vaga no time do Guarany. Lopes conta que joga na posição meia-esquerda e já jogou no Guarani de Garibaldi. “Meu empresário me indicou o Guarany de Bagé por ser um time de destaque no Estado. Vim arriscar, estamos no alojamento aqui e esperamos conseguir uma vaga”, diz.

Já Magalhães joga como volante e meia-atacante e já competiu pelo São José. “Chegamos na sexta-feira de noite e tivemos uma conversa com a equipe da direção, foi bem interessante a proposta, vamos tentar a sorte. Nosso objetivo é jogar neste time, que, segundo a indicação do meu empresário, é bom para a carreira de jogador”, conclui.

Selecionados
No final da tarde de ontem foram escolhidos os atletas que ficarão na equipe profissional, são eles: Vitor Martins Luiz, 18 anos, zagueiro, de Bagé; José Mateus Gomes, 18 anos, lateral-direito, de Santa Maria; Talyson Marques Xavier, 20 anos, volante, de Santana do Livramento; Devail Alisson Ramos, 18 anos, meia-esquerda, de Santa Maria; Bruno Rodrigues, 18 anos, atacante, de São José do Norte; e os dois goleiros, Joubert Couto, 18 anos, e Pedro Ibañez, 17 anos, ambos de Bagé. 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...