ANO: 25 | Nº: 6381

Luiz Fernando Mainardi

luiz.mainardi@al.rs.gov.br
Deputado Estadual
17/01/2018 Luiz Fernando Mainardi (Opinião)

Um ano para fazer história

Costuma-se dizer que o ano, de fato, só começa depois do Carnaval. Não é o caso de 2018 no Brasil. Por aqui, o ano começou a todo vapor. Arrisco a dizer, este janeiro provavelmente será tão significativo em nossa história quanto outubro, mês da eleição presidencial. O julgamento do recurso de Lula no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, no próximo dia 24 em Porto Alegre, já atrai atenção de todas as partes do mundo. Este já é um fato político e histórico, e suas consequências terão impacto decisivo nos próximos anos do país.
Se a Lula for possibilitado um julgamento sério e justo, sem o peso das influências políticas e midiáticas que atuaram para destruir sua imagem, o ex-presidente deve ser absolvido. A ausência de provas reais contra ele, as inconsistências na sentença do juiz de primeiro grau Sérgio Moro e o caráter de anormalidade na condução do processo (inclusive em relação aos prazos) preocupam e comprometem a credibilidade do Judiciário brasileiro. Mas preocupa-nos, sobretudo, a real motivação de todo este cenário; Lula será julgado pela suposta posse de um apartamento ou por ter ousado dar um outro rumo para o país? Por ter enfrentado os principais problemas sociais e oportunizado uma nova perspectiva de vida para milhões de brasileiros? Por ter resgatado o Brasil da condição de país subdesenvolvido e trabalhado para que ganhássemos o prestígio e o respeito da comunidade internacional? É o que queremos saber.
Precisamos esclarecer à população que o que está em jogo já neste início de ano é o rumo do país. Setores poderosos que apoiaram e financiaram o golpe temem (e com razão) a candidatura de Lula e seu retorno à presidência. Sabem que Lula tem o apoio da maioria do povo brasileiro e que tem força para reconstruir o que foi desfeito pelo governo ilegítimo de Temer. Sabem que um governo popular vai lutar para retomar os direitos que foram duramente conquistados ao longo de décadas e que agora são retirados à força.
E o povo vai lutar com Lula até o fim para garantir esse retorno. Muitos vão acompanhar em Porto Alegre o julgamento, numa grande mobilização pela democracia e pelo resgate do país. Estaremos juntos, lado a lado, porque acreditamos na Justiça verdadeira, na democracia e acreditamos que o Brasil merece uma nova chance. Na próxima semana, testemunharemos a história. Mais que isso, faremos parte dela. E temos convicção de que estaremos do lado certo: o lado do povo brasileiro.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...