ANO: 25 | Nº: 6356
19/01/2018 Segurança

Lelinho sugere adoção de “Pacto pela Segurança”

Foto: Divulgação

Parlamentar busca ações de integração para que município trabalhe por essa causa
Parlamentar busca ações de integração para que município trabalhe por essa causa

O vereador Lélio Lopes (Lelinho), do PT, protocolou na Câmara de Vereadores um requerimento, solicitando, ao Executivo, a elaboração de um diagnóstico baseado nos índices de criminalidade em Bagé. A intenção é criar um “Pacto pela Segurança”.
De acordo com o vereador, a preocupação é que as estatísticas de criminalidade estão aumentando no município, diferente do comportamento dos números no Estado, que apresentam diminuição. “Tivemos a ideia a partir de outros pactos, como o Pelotas pela Paz, devido a esse aumento da violência. Serve, também, para trazer essa responsabilidade para o município, no auxílio da diminuição de crimes”, justifica.
Lelinho acredita que é importante investir em segurança, fazer uma ação integrada com o Estado e seus órgãos de polícia, como a Brigada Militar, Polícia Civil, Judiciário, Ministério Público, Superintendência de Serviços Penitenciários, Corpo de Bombeiros, além da Polícia Federal, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Exército Brasileiro e Polícia Rodoviária Federal. “A ideia do pacto é fazer ações integradas para diminuir os índices, ter mais atuação policial em locais com bastante frequentadores. Pode começar com melhores ações de videomonitoramento para reprimir o tráfico de drogas”, avalia.
O parlamentar destaca o espaço que deve ser dedicado à prevenção, nesse debate. “Sabemos que 70% da população carcerária de Bagé é de jovens, de 19 a 29 anos. Eles são os alvos dos crimes contra a vida. Faltam ações efetivas, como uma atividade extraescolar, para tirar jovens da situação de vulnerabilidade”, complementa.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...