ANO: 25 | Nº: 6335

Divaldo Lara

divaldolara@gmail.com
Prefeito de Bagé
22/01/2018 Divaldo Lara (Opinião)

Nossos melhores caminhos em 2018

Smart Bagé
2018 é um ano para solidificar as bases para o desenvolvimento de Bagé.
Sonho com uma Smart City, uma cidade prática, funcional, inteligente. Pois, agora, temos a oportunidade de começar pela iluminação pública com o Centro de Controle Operacional, que deverá monitorar o parque de luz em tempo integral, eliminando pontos escuros, repondo lâmpadas onde houver extravio por vandalismo, enfim. A partir deste ano, mudamos o sistema de iluminação de Bagé em Parceria Pública Privada (PPP). Aliás, a primeira PPP para o setor no RS.


Melhor Saúde Bucal
Em nosso primeiro ano de Prefeitura realizamos 63 mil atendimentos em saúde bucal. A coordenadora desse setor no município, odontóloga Juliana Deibler, conta que oferecemos tratamentos que antes somente o setor privado oferecia. Para chegar a número tão expressivo temos 21 unidades com 37 cirurgiões-dentistas, o Centro de Especialidades Odontológicas, reaberto por nossa gestão, que atende 500 pacientes por mês, e o Pronto Atendimento da Upa, implantado em 2017, com 720 atendimentos em urgência e emergência/mês.
Nesse ritmo em breve veremos nossa população com saúde bucal bem melhor que a média do Estado.


Para salvar vidas
Há um ano, o cardiologista da rede municipal, Sidney Paiva, declarou que, em quatro décadas de exercício da Medicina, pela primeira vez, com os eletrocardiogramas nos postos, tinha o resultado de exame na hora. Isso pelo SUS. E sua declaração me fez muito feliz e orgulhoso. Agora, estamos entregando desfibriladores Externos Automáticos nos postos. Os aparelhos são poderosos instrumentos para salvar vidas e podem ser manuseados por qualquer profissional, não apenas médicos. Servem para normalizar os batimentos nas arritmias e em situações de parada cardiorrespiratória. Avançamos para o bem da saúde dos bajeenses.


Esporte e lazer nos bairros

Bagé tem, hoje, seis Núcleos Esportivos em pontos estratégicos, que atendem 500 pessoas por semana. O objetivo é levar lazer e atividade física para os bairros, além de servir como ferramenta de inclusão social para adolescentes através de práticas esportivas. O secretário de Esporte, Juventude e Lazer, João Schardosim, está inserindo na Sejel o conceito correto de uma secretaria que tem de dar atenção aos jovens e oferecer esporte e lazer à população.
Cada núcleo tem sua atividade específica, embora o foco principal seja dança, ginástica e artes marciais.
Vamos mudar a forma como tratamos os nossos bairros, nossa gente precisa da autoestima elevada, de valores que podem fazer a diferença na vida de cada um.

Deixe seu comentário abaixo

Outras edições

Carregando...