ANO: 25 | Nº: 6330
24/01/2018 Fogo cruzado

Caravana de Lula pode passar por Bagé

Foto: Divulgação

Lelinho, Mainardi e Dajulia acompanham ações em Porto Alegre
Lelinho, Mainardi e Dajulia acompanham ações em Porto Alegre

Uma comitiva bajeense se deslocou para Porto Alegre, ontem, para acompanhar os atos que antecedem o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em ação relacionada à Operação Lava Jato. O recurso, envolvendo sete réus, será apreciado, hoje, na sede do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). 
Durante discurso na Esquina Democrática, Lula manifestou a intenção de visitar Bagé, Santa Maria, São Borja e Santana do Livramento, em uma caravana, que pode ser realizada após o julgamento. A data da agenda está prevista para fevereiro.
A ação contra o ex-presidente é movida com base em denúncia da empresa OAS, segundo a qual o petista teria recebido propina por meio da entrega e da reforma de um imóvel. O ex-presidente nega todas as acusações. Se for condenado, em segunda instância, ficará impedido de concorrer à presidência, pela Lei da Ficha Limpa.


Mobilização

O presidente do diretório bajeense do PT, Flávius Borba (Dajulia), o deputado estadual Luiz Fernando Mainardi, que liderou o partido na Assembleia Legislativa, e o líder da sigla na Câmara, vereador Lélio Lopes (Lelinho), se uniram a representações de militantes de movimentos sociais e sindicalistas no cronograma de atividades realizadas a capital, durante toda a terça-feira.
De acordo com a Frente Brasil Popular e a Central Única dos Trabalhadores (CUT), mais de 225 caravanas participaram dos atos em Porto Alegre. Em Bagé, a mobilização foi iniciada na semana passada, quando o diretório municipal do PT criou o Comitê em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser Candidato. “Nossa participação é ativa, em todos os atos promovidos na capital”, avalia Dajulia, ao adiantar que hoje haverá uma vigília no entorno da sede do TRF4.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...