ANO: 25 | Nº: 6403
25/01/2018 Cidade

Candiota terá sistema de videomonitoramento

Foto: Arquivo JM

Município ficará interligado à rede estadual
Município ficará interligado à rede estadual

A Prefeitura de Candiota aderiu ao Sistema de Segurança Integrada do Rio Grande do Sul (Sim-RS), que viabiliza a implantação de câmeras de videomonitoramento em diferentes pontos do município, bem como o cercamento eletrônico na zona rural. O termo de adesão foi firmado em dezembro de 2017. A cidade terá o prazo de 60 meses para implantar o sistema.
O Executivo deve adquirir os equipamentos através do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental da Bacia do Rio Jaguarão (Cideja). De acordo com o prefeito de Candiota, Adriano Castro dos Santos, do PT, com a adesão ao Sim-RS, o município fica integrado à rede estadual e poderá utilizar sistemas como o Operador Nacional dos Estados (ONE) e o Controle e Monitoramento de Veículos (CMV). Candiota também terá a atuação conjunta ou de acordo com a definição das respectivas competências.
O termo de adesão também prioriza e otimiza o Centro Integrado de Operações (Ciop). O Sim-RS prevê, ainda, auxílio técnico visando à implementação e aprimoramento dos sistemas de videomonitoramento e cercamento eletrônico, além de acesso ao Sistema de Consultas Integradas, compartilhamento de estatísticas e colaboração na capacitação e treinamento das Guardas Municipais.
Conforme a diretora do Cideja, Débora Cappua, os municípios de Pinheiro Machado, Hulha Negra, Pedras Altas, Herval, Candiota, Piratini e Aceguá, que também aderiram ao Sim-RS, estão passando informações à empresa DGT, sobre as necessidades de cada cidade. Segundo ela, o projeto de Candiota, através do Consórcio, já foi discutido internamente. Ainda serão apontados os pontos estratégicos e número de equipamentos necessários. “Após a conclusão do projeto iremos buscar recursos”, informa.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...