ANO: 24 | Nº: 5982
27/01/2018 Campo e Negócios

Mirapasto é tema da tarde de campo promovida pela Embrapa Pecuária Sul

Foto: Divulgação

Naylor Perez apresentou práticas para controle do capim-annoni
Naylor Perez apresentou práticas para controle do capim-annoni

O Método Integrado de Recuperação de Pastagens (Mirapasto) foi o tema da tarde de campo que aconteceu na quarta-feira, 24, nos campos experimentais da Embrapa Pecuária Sul, em Bagé. O evento, coordenado pelo pesquisador da Embrapa, Naylor Perez, em parceria com a Emater/RS-Ascar de Pedro Osório, reuniu um grupo de produtores do município com o objetivo de apresentar as práticas de recuperação das áreas degradadas pelo capim-annoni, considerada a pior invasora de pastagens da Região Sul do Brasil.
Desenvolvido pela Embrapa Pecuária Sul, o Mirapasto melhora o potencial produtivo e reverte a degradação das pastagens sem a necessidade de mobilização do solo ou da dessecação total da vegetação. O método baseia-se em quatro pilares de manejo: controle de plantas indesejáveis adultas, correção e manutenção da fertilidade do solo, introdução de espécies forrageiras de inverno e de verão e controle da oferta de pasto. Lauri Centeno, 58 anos, técnico agrícola e atual diretor de Agricultura de Pedro Osório comenta sobre a dificuldade enfrentada com a planta invasora. “É um problema que a gente se depara na nossa região, como em todas as regiões, e ela está afetando economicamente”, declara Centeno.
O diretor ainda manifesta a importância da pesquisa e de levar o estudo até os produtores rurais. “Em função da pesquisa que é feita, é muito interessante levar esses conhecimentos para eles, é importante isso”, pontua.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...