ANO: 24 | Nº: 6083

Rosane Coutinho

02/02/2018 Caderno Ellas

Por um mundo melhor

Foto: Divulgação

IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA
IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA

Não é de hoje que grandes conglomerados pensam em sustentabilidade. O conceito de economia circular está redesenhando a indústria da moda para fazê-la trabalhar pelas pessoas e pelo meio ambiente. Ele questiona a indústria sobre a escolha de materiais, processo de fabricação venda e uso. Essa nova forma de pensar na economia propõe que a moda seja uma força para o bem. Isso acontece tanto em termos técnicos (por meio de tecnologias que permitem a moda circular, como a reciclagem química), como em termos de modelo de negócio. Estas grandes iniciativas não são mais importantes que as pequenas, mesmo que no nosso microcosmo tenhamos a obrigação de zelar pelo nosso ecossistema, dando exemplo para as novas gerações. Em Bagé, já temos diversas ações e exemplos de negócios que privilegiam este modelo, como brechós que se multiplicam na cidade em velocidade impressionante. O que antes era um comércio para pessoas de baixa renda, hoje é sinônimo de pessoas altamente antenadas. Também há algumas ações isoladas, como o projeto encampado pela turma do Centro Cultural Santa Thereza. Com o objetivo de gerar renda ao centro, o projeto ”tudo se cria, tudo se transforma“, consiste em customizar velhos jeans agregando valor às peças, pelas mãos de artistas, estilistas e artesãs de Bagé. Em março, as peças, que já estão sendo confeccionadas desde novembro, serão apresentadas ao público em um desfile que acontecerá em uma loja central da cidade. Posteriormente, estas peças únicas e exclusivas serão comercializadas. O projeto envolve a comunidade como um todo, seja pela doação de peças velhas em jeans, que não seriam mais utilizadas, como todos os outros envolvidos. São pequenas ações como esta, que fazem a diferença e contribuem para um futuro mais sustentável, servindo ainda de exemplo para as novas gerações. Em breve estaremos fazendo uma matéria mais completa sobre o evento. Aguardem!

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias do caderno

Outras edições

Carregando...