ANO: 25 | Nº: 6401
08/02/2018 Segurança

Amigos e familiares de Gilberto Bittencourt realizam caminhada pela paz

Foto: Tiago Rolim de Moura

Passeata foi realizada na avenida Sete de Setembro
Passeata foi realizada na avenida Sete de Setembro

Após a missa de sétimo dia do tradicionalista Gilberto Bittencourt Silveira, realizada ontem, às 18h30min, na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, dezenas de pessoas caminharam pela avenida Sete de Setembro, em protesto pelo assassinato do ex-coordenador da 18ª Região Tradicionalista, ocorrido no dia 31 de janeiro. A maior parte do grupo, formado por amigos e familiares, vestia roupas brancas, em um pedido de paz. Três cavaleiros abriram a passeata.
O corpo de Gilberto foi encontrado, por volta das 21h30min de 31 de janeiro, dentro do seu carro. O crime aconteceu em frente ao Kartódromo de Bagé, no bairro São Judas Tadeu. Conforme informações da Brigada Militar, a vítima estava no banco traseiro do veículo e as mãos amarradas com um lacre plástico. Segundo a perícia, de Santana do Livramento, ele foi atingido com um tiro de arma de calibre 38 na cabeça.
O acusado, Rafael da Costa Pinheiro, 20 anos, foi preso algumas horas depois e confessou o crime. À polícia, ele informou ter visto a vítima dentro do carro, próximo à Escola Fundação Bradesco quando resolveu cometer o assalto. Gilberto, que já estava amarrado com os braços para trás, teria se debatido dentro do automóvel, quando foi atingido no rosto.

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...