ANO: 24 | Nº: 6106
10/02/2018 Cidade

Ibama de Bagé registra 64 infrações ambientais penalizadas em 2017

A unidade técnica do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) de Bagé contabilizou, em 2017, um total de 64 infrações em sua área de jurisdição, formada por 18 municípios entre a fronteira e a região central do Rio Grande do Sul. O valor total arrecadado, no ano, com os autos lavrados pela repartição, chegou a R$ 2.298.949.

Conforme a chefe de Unidade do Ibama, Janize de Medeiros, 50% dessas infrações foram relativas ao uso, armazenamento, transporte irregular e contrabando de produtos tóxicos à saúde humana ou ao meio ambiente. Desses, 24 autos de infrações, que representam 37,5% do total, foram alusivos a agrotóxicos.

Janize informa que, neste período, a repartição apreendeu 168 quilos de agrotóxicos contrabandeados e 6.936 quilos de soja produzidos com agrotóxicos com origem ilegal. As embalagens vazias e tampas foram devolvidas aos estabelecimentos comerciais onde foram adquiridos.

A chefe de unidade destaca que a extensa fronteira seca do Estado facilita a entrada de agrotóxicos contrabandeados/falsificados, que causam graves danos ao meio ambiente, à saúde pública e à cadeia de produtiva do País.

 
Vegetação

Janize aponta, também, que mais de 820 hectares foram embargados em razão dos indivíduos não possuírem autorização do órgão para atuar no corte da vegetação. O ano terminou com 12 autos de Infrações registrados, relativos à supressão de vegetação nativa. O total arrecadado em multas referentes a esse tipo de infração se aproxima de R$ 250 mil. De acordo com ela, a Lei nº 12.651/2012 estabelece a obrigação de autorização prévia para a supressão de vegetação nativa para o uso alternativo do solo. Em 2018, a unidade já penalizou dois casos pelo mesmo motivo.

Visando a conservação do Bioma Pampa e o combate ao uso ilegal de agrotóxicos, o Ibama tem intensificado as ações de fiscalização em toda a região de fronteira”, destaca a chefe de unidade. 

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...