ANO: 24 | Nº: 6057
14/02/2018 Cidade

Obra da Seival Sul Mineradora deve ser concluída no final do mês

Foto: Divulgação

Construção iniciou em dezembro de 2016
Construção iniciou em dezembro de 2016

Com um investimento superior a R$ 100 milhões, a obra da Seival Sul Mineradora (SSM), em Candiota, deve ser concluída no final de fevereiro. A mina vai suprir a demanda de carvão da Usina Termelétrica (UTE) Pampa Sul. A unidade termelétrica, construída pela Engie Brasil Energia, com capacidade de 340 megawatts, deve iniciar a operar em 2019.
De acordo com o responsável pelo projeto da SSM, Nelson Kadel Júnior, a obra iniciou em dezembro de 2016 e foi toda projetada para atender às normas ambientais. A concessão para explorar o carvão era antiga, mas a estrutura é toda nova. “Fizemos a terraplenagem, fundação e instalação do projeto”, disse.
A SSM tem participação acionária da Copelmi Mineração (70%), que detém 80% do mercado privado de carvão industrial do País, e da Eneva S.A. (30%). A mina de Candiota terá capacidade de produção de 2,8 milhões de toneladas por ano, contemplando a implantação da unidade de extração e beneficiamento. A mina deve gerar aproximadamente 260 empregos diretos e indiretos.
A empresa realizou um contrato de financiamento com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), no valor de R$ 31,5 milhões, para implantação da unidade de extração e beneficiamento de carvão.

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...