ANO: 25 | Nº: 6330
16/02/2018 Segurança

Grupo é preso em investigação contra abigeato

Foto: Divulgação

Armas e munições foram recolhidas
Armas e munições foram recolhidas

Agentes da Polícia Civil, através da Força Tarefa de Combate aos Crimes Rurais e Abigeato e com apoio da Brigada Militar, cumpriram, na manhã de ontem, mandados de prisões e buscas no interior do município de Pinheiro Machado. A “Operação Comparsa”, cuja apuração teve início ainda em agosto de 2017, foi deflagrada com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada em abigeato.

Segundo informações da polícia, o grupo carneava, há meses, ovinos e bovinos de propriedades rurais. A quadrilha costumava agir em Pinheiro Machado, Piratini e Pedras Altas. Além do abigeato, os indivíduos também são investigados por furtos de residências rurais e por comercialização de armas de fogo. Segundo dados da Força Tarefa, a estimativa é de que, somente no ano passado, os investigados tenham furtado cerca de 100 animais.

Durante a operação, houve confronto com os policiais, que foram recebidos a tiros em um dos locais em que foram cumpridos os mandados. Três pessoas – entre elas, dois adolescentes - foram autuadas por porte ilegal de arma de fogo e serão investigados por tentativa de homicídio. Eles foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Quatro armas e munições foram recolhidas.  Pelo menos outras cinco pessoas ainda estão sendo investigadas por suspeita de envolvimento com a quadrilha. 

Mais imagens

Deixe seu comentário abaixo

Mais notícias da edição

Outras edições

Carregando...